Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Notícias / VER-SUS Brasil continua vivências de Norte a Sul do país

VER-SUS Brasil continua vivências de Norte a Sul do país

Depois dos estados de São Paulo e Tocantins realizarem suas vivências do Ver-Sus - edição inverno 2016 -, chegou a vez do Sergipe, Amazonas, Ceará, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul iniciarem suas propostas de imersão no cotidiano do Sistema Único de Saúde (SUS), proporcionando aos estudantes da área novas experiências e aprendizados compartilhados.

Ao todo, nos 5 estados, participam 175 viventes e 33 facilitadores, imersos em atividades que propõem a amplificação do debate sobre a importância da participação popular, sobretudo de localidades do interior, na construção de políticas públicas voltadas para a saúde. As atividades envolvem visitas às unidades de saúde, discussões, debates e rodas de conversa.

Fique ligado nas inscrições para vivências no seu estado e inscreva-se!

 

INSCRIÇÕES ABERTAS

Vale do São Francisco/CE-PE – Inscrição até 20/08.

Imperatriz/MA Inscrição até 28/08.

Diamantina e Vale do Jequitinhonha/MG Inscrição até 24/08.

 

Saiba mais sobre as vivências em processo!

LAGARTO/SE

A única vivência do estado de Sergipe, nesta edição, está ocorrendo no município de Lagarto, que vem se destacando na reorganização dos serviços de saúde, principalmente com a inauguração do campus da saúde da Universidade Federal de Sergipe, que tem a proposta de metodologia “Aprendizado baseado em problema” aplicado para todos os cursos, ampliando os espaços de construção coletiva entre os estudantes dos diferentes cursos ao longo da graduação.

A imersão iniciou em 12/08, terá duração de 8 dias, com a participação de 50 viventes e 12 facilitadores, todos estudantes de graduação na área da saúde e outros cursos. A proposta pedagógica de cada dia de vivência no SUS no município de Lagarto é articular uma visão ampla da política de saúde da população do interior e como se dá a participação popular da comunidade juntamente com a política, a partir da inserção nos serviços de saúde e das discussões emergentes nos demais espaços de troca do grupo.

AMAZONAS/AM

A vivência no estado iniciou em 13/08, com duração de 7 dias, e está ocorrendo em 13 municípios: Borba, Itacoatiara, Coari, Urucará, Caapiranga, Urucurituba, Manaus, Presidente Figueiredo, Manacapuru, Manicoré, Caapiranga, Silves e Nova Olinda do Norte. O grupo é formado por 96 estudantes, sendo 83 viventes e 13 facilitadores. Esses municípios fazem parte de quatro regiões de saúde do Estado do Amazonas: Entorno de Manaus e Alto Rio Negro; Médio Amazonas; Rio Negro e Rio Solimões, Rio Madeira. Os municípios têm uma estrutura local de saúde organizada segundo a política nacional de saúde, com os principais Programas e Estratégias, sendo um espaço propício para a vivência dos alunos.

A vivência proporcionará diálogo com a gestão, o controle social, os serviços de saúde e com a cultura local. A metodologia de diálogo é baseada na roda de conversa e visitas in loco das atividades realizadas no território, bem como prevê espaços de reflexão e discussão das experiências dos grupos ao longo destes 7 dias.

SOBRAL/CE

Sobral é o único município a receber o VER-SUS no estado do Ceará na edição de inverno de 2016. O processo de construção da vivência e a metodologia do projeto foram de co-gestão, formado pelo o quadrilátero da saúde (Gestão, Educação, Atenção à Saúde e Controle Social) onde teve como diferencial, o protagonismo estudantil no processo de articulação dos setores da saúde para que este fosse realizado. Iniciada em 12 de agosto, a vivência de Sobral se estende até o dia 21 do mesmo mês e conta com 24 participantes: 20 viventes e 4 facilitadores.

ANGRA DOS REIS/RJ

Único município do Rio de Janeiro a receber o projeto nessa edição, o VER-SUS Angra dos Reis iniciou no último dia 14 com a presença de 12 participantes, sendo 10 viventes e 2 facilitadores, e finaliza no próximo dia 22. Durante esses 14 dias, haverá uma programação com visitas ao sistema de saúde local, além de conversas e discussões. Durante a vivência, os (as) participantes irão conhecer as unidades e serviços oferecidos aos (às) usuários (as) do SUS na rede pública municipal de Angra dos Reis, numa programação extensa que contempla todos os eixos da rede divididos no seguinte formato: Rede de Atenção Hospitalar, Rede de Atenção Básica, Rede de Pronto Atendimento, Rede de Atenção Secundária, Serviço de Vigilância em Saúde, Programas do Governo Federal, Participação Popular e Controle Social; e rodas de conversas e debates com temáticas relacionadas ao SUS e os movimentos sociais.

CAXIAS DO SUL/RS

O município de Caxias do Sul, localizado na serra gaúcha, tem recebido o VER-SUS em algumas edições desde 2004. Desde a última edição do projeto na região da Serra, novos cursos da área da saúde foram abertos em diferentes municípios da região por distintas Faculdades. Sendo assim, o VER-SUS buscou proporcionar ao estudante espaços de ensino-aprendizagem no SUS, aos quais muitos não têm acesso durante a graduação.

A edição do inverno de 2016 do VER-SUS Caxias do Sul ocorreu entre 08 e 14 de agosto, contando com a participação de 14 pessoas, sendo 12 viventes e 2 facilitadores. A programação contou com visitas às unidades de saúde, discussões, debates e rodas de conversa.

 

Com informações da Secretaria Executiva da Coordenação Nacional do Projeto VER-SUS Brasil